Padrões de alinhamento e voz em kaiowá / Alignment patterns and the voice in kaiowá

Valéria Faria CARDOSO (UNEMAT/Alto Araguaia)

Resumo


RESUMO: Neste artigo, propomos apresentar uma análise dos padrões de alinhamento de caso e da categoria de voz em kaiowá. As análises são amparadas teoricamente numa abordagem funcional-tipológica, baseadas nos trabalhos de Dixon (1979, 1994), Comrie (1981), Andrews (1985), Givon (1994) e Payne (1994). A análise dos padrões de alinhamento em kaiowá exigiu que se levasse em conta a Hierarquia de Pessoa (1>2>3), traço característico de línguas da família tupi-guarani, para além dos usuais mecanismos de codificação de caso. O estudo de tais mecanismos aponta para distintos alinhamentos na língua que vão, quase num contínuum, do nominativo/acusativo ao ergativo/absolutivo, passando por um tipo de caso “incaracterístico”.

PALAVRAS-CHAVE: Ergatividade. Acusatividade. Caso incaracterístico. Voz inversa.

 

ABSTRACT. In this paper, we propose to present an analysis of case alignment patterns and the voice category in kaiowá. The analyzes are theoretically supported by a functional-typological approach based on the works of Dixon (1979, 1994), Comrie (1981), Andrews (1985), Givon (1994) and Payne (1994). The analysis of alignment patterns in kaiowá required taking into account the Person Hierarchy (1> 2> 3), a characteristic feature of Tupi-Guarani family languages, in addition to the usual case coding mechanisms. The study of such mechanisms points to distinct alignments in the language that go, almost in a continuum, from the nominative / accusative to the ergative / absolutive, going through a kind of “uncharacteristic” case.

KEYWORDS: Ergativity. Accusativity. Uncharacteristic case. Inverse voice.


Texto completo:

PDF - P. 141-151

Referências


REFERÊNCIAS

ANDREWS, Avery. The major functions of the noum phrase. In: SHOPEN, Timothy. (ed.). Language typology and syntactic description. Cambridge: Cambridge University Press, 1985. v. 1.

CARDOSO, Valéria Faria. Aspectos Morfossintáticos da Língua Kaiowá (Guarani). 2008. 267f. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

CARDOSO, Valéria Faria. Gramática kaiowá: estratégias de marcação de caso. In: OLIVEIRA, Dercir Pedro de. (org.). Estudos linguísticos: gramática e variação. Campo Grande: Ed. UFMS, 2011.

CARDOSO, Valéria Faria. Ergatividade, acusatividade e sistemas cindidos. In: SOUZA, Edson R. F. (org.). Funcionalismo linguístico: análise e descrição. São Paulo: Contexto, 2012. p. 225-247. v.1

COMRIE, Bernard. Language universals and linguistic typology: syntax and morphology. Chicago: Chicago University Press, 1981.

DIXON, Robert M. W. Ergativity. Language, v. 55, n. 1, p. 59-138, 1979.

DIXON, Robert M. W. Ergativity. Cambridge: Cambridge University Press, 1994.

GIVÓN, Talmy. Syntax: a functional-typological introduction. Amsterdam/ Philadelphia, 1984. v. 1.

MORI, Angel Corbera. Descrição gramatical do Kaiowá (Guarani). LIAMES: Línguas Indígenas Americanas, v. 16, n.1, p. 201-205, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.20396/liames.v16i1.864617. Acesso em: 20 out. 2019.

OLIVEIRA, Dercir Pedro de. A obra literária de Rosário Congro: um estudo estilístico. Três Lagoas, MS: UFMS, 1983.

OLIVEIRA, Dercir Pedro de. (org.). Estudos linguísticos: gramática e variação. Campo Grande, MS: Ed. UFMS, 2011.

PAYNE, Doris L. The Tupi-Guaraní Inverse. In: FOX, Barbara; HOPPER, Paul (ed.). Voice: form and function. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 1994. p. 131-40.

SEKI, Lucy. Gramática do Kamaiurá: língua tupi-guarani do Alto Xingu. Campinas, SP: Editora da UNICAMP/Imprensa Oficial, 2000.

ZÚÑIGA, Fernando. Deixis and alignment: inverse systems in indigenous languages of the Americas. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Guavira Letras