Simbologias do Diabo no filme Coração Satânico / Devil’s Symbology in the movie Angel Heart

Paulo André Machado KULSAR (UFT), Adriana Carvalho CAPUCHINHO (UFT), Rodrigo Poreli Moura BUENO (UFT)

Resumo


RESUMO: O artigo busca analisar os elementos simbólicos presentes na relação entre os personagens Louis Cyphre e Harry Angel no filme Coração Satânico (1987), dirigido e roteirizado pelo britânico Alan Parker, adaptado do romance Falling Angel (1978), de Willian Hjortsberg. Gilbert Durand, em sua obra As estruturas antropológicas do imaginário, organiza a imaginação simbólica em dois regimes: o diurno, ligado à ação e à mudança, e o noturno, relativo à conservação. A relação entre Angel e Cyphre no filme será abordada conforme a classificação de Durand, associando as imagens simbólicas presentes no filme à trajetória das personagens.

PALAVRAS-CHAVE: Coração Satânico. Lúcifer. Diabo. Símbolos. Imaginário.

 

 ABSTRACT: The article aims to analyze the symbolic elements present in the relationship between the characters Louis Cyphre and Harry Angel in the film Angel Heart (1987), directed and scripted by Alan Parker, adapted from the novel Falling Angel (1978), of Willian Hjortsberg. Gilbert Durand, in his work The anthropological structures of the imaginary, structures the symbolic imagination in two regimes: the diurnal, linked to the action and the change, and the nocturnal, relative to the conservation. The relationship between Angel and Cyphre in the film will be approached according to the classification of Durand, associating the symbolic images which are present in the film to the trajectory of the characters.

KEYWORDS: Angel Heart. Lucifer. Devil. Symbols. Imaginary.

  

RESUMEN: El artículo busca analizar los elementos simbólicos presentes en la relación entre los personajes Louis Cyphre y Harry Angel en la película Corazón diabólico (1987), dirigida y escrita por Alan Parker, adaptada de la novela Falling Angel (1978) de Willian Hjortsberg. Durand, en su obra Las estructuras antropologicas de lo imaginario, organiza la imaginación simbólica en dos regímenes: el diurno, vinculado a la acción y el cambio, y el nocturno, en relación con la conservación. La relación entre Angel y Cyphre en la película se abordará de acuerdo con esta clasificación, asociando las imágenes simbólicas presentes en la película con la trayectoria de los personajes.

PALABRAS CLAVE: Corazón diabólico. Lucifer. Diablo. Símbolos. Imaginario.


Texto completo:

PDF - P. 308-327

Referências


ALLEAU, René. A Ciência dos Símbolos. Tradução de Isabel Braga. Lisboa: Edições 70, 1986.

ARISTÓTELES. Poética. Tradução, comentários e índices analítico e onomástico de Eudoro de Souza. In: ARISTÓTELES. Seleção de textos de José Américo Motta Pessanha. 4. ed., v. 2. São Paulo: Nova Cultural, 1991. (Coleção Os Pensadores).

BÍBLIA. Português. Bíblia Sagrada: Antigo e Novo Testamento. Tradução de João Ferreira de Almeida. 2. ed. rev. e atual. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1993.

BUDAG, Fernanda Elouise. Sobre imaginário, mitos e arquétipos: exercício aplicado à narrativa audiovisual. Novos Olhares, São Paulo, Universidade de São Paulo, vol. 4, n. 2 p. 64-71, 2º. Semestre de 2015. PPGMPA da ECA/USP. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/novosolhares/article/view/102083. Acessado em 11/01/2019.

CORAÇÃO SATÂNICO. Direção e roteiro: Alan Parker. Produtor: Alan Marshal e

Elliot Kastner. Distribuidora: Canal-ImageInternational, 1987. 1 DVD (112 min.),

som, color. Título original: Angel Heart.

DURAND, Gilbert. Sobre a exploração do imaginário, seu vocabulário, métodos e

aplicações transdisciplinares: mito, análise e mitocrítca. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo: Universidade de São Paulo, vol. 11, n. 1-2, p. 244-256, 1985. Disponível em http://www.revistas.usp.br/rfe/article/view/33348. Acessado em 11/01/2019.

DURAND, Gilbert. A Imaginação Simbólica. Tradução de Carlos Aboim de Brito. Lisboa: Edições 70, 1993.

DURAND, Gilbert. As Estruturas Antropológicas do Imaginário. Introdução à arquetipologia geral. Tradução de Hélder Godinho. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

KULSAR, Paulo A. M. e SIMÕES, Eduardo. Coração Satânico: Uma Análise do Filme de Alan Parker a Partir do Pensamento de Santo Agostinho. Guavira Letras. Três Lagoas: UFMS, n.26, Jan/Abr. 2018. p. 341-353. Disponível em: http://websensors.net.br/seer/index.php/guavira/article/view/626. Acessado em 10/12/2018.

JUNG, Carl Gustav. Os Arquétipos e o Inconsciente Coletivo. Tradução de Maria Luíza Appy e Dora Mariana R. Ferreira da Silva. Petrópolis, Vozes, 2000.

NOGUEIRA, Carlos Roberto F. O Diabo no Imaginário Cristão. Bauru: EDUSC, 2002.

SÓFOCLES. Rei Édipo. Introdução, versão do grego e notas Maria do Céu Z.

Fialho. Coimbra: Instituto Nacional de Investigação Científica, 1979.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Guavira Letras