A presença das obras de Arthur Miller no Brasil: um estudo sobre as montagens de suas peças nos palcos brasileiros

Éwerton Silva de Oliveira (USP), Maria Sílvia Betti (USP)

Resumo


Este artigo tem como objetivo estudar as montagens das peças de Arthur Miller no Brasil, por meio da compilação e análise de textos críticos que falam sobre as produções de A Morte do Caixeiro Viajante, As Feiticeiras de Salém, Panorama Visto da Ponte e Depois da Queda no país. Todas estas peças tiveram suas primeiras montagens americanas entre os anos 40 e 60 – 1949, 1953, 1956 e 1964, respectivamente, e são, possivelmente, as obras mais famosas de Miller em solo brasileiro. Isto é comprovado pela imediatez com que os textos do dramaturgo norte-americano foram produzidos pela primeira vez nos palcos brasileiros: a diferença temporal entre a primeira produção nos EUA e a primeira encenação no Brasil de suas peças não chega a dez anos nos quatro casos citados. O estudo procura também relacionar estas montagens ao contexto histórico em que se inserem tanto o teatro nacional como o norte-americano (com fenômenos de perseguição política tal como o Macartismo e a ditadura militar), no intuito de detectar a importância dos textos de Miller para o teatro brasileiro, bem como para dramaturgos nacionais que discutem sua obra.


Texto completo:

PDF - p. 212-225

Referências


ANDRADE, J. Marta, a Árvore e o Relógio. São Paulo: Perspectiva, 1970.

CADENGUE, A. E. TAP: Anos de Aprendizagem: O Teatro de Amadores de Pernambuco (1941-1947). São Paulo, 1989. Dissertação de Mestrado - Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo.

FELDMAN, A.D de S. A Representação do Holocausto na peça After the Fall, de Arthur Miller. São Paulo, 2002. Dissertação (Mestrado em Letras) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo.

GOMES, D. Apenas um Subversivo. Autobiografia. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998.

GUZIK, A. TBC: crônica de um sonho. São Paulo: Perspectiva, 1986.

LEME, V.M. A concepção da tragédia moderna em The Crucible e A View from the Bridge de Arthur Miller. São Paulo, 2007. Dissertação (Mestrado em Letras) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo.

MAGALDI, S. O texto no teatro. São Paulo: Perspectiva, 1989.

MAGALDI, S. & VARGAS, M.T. Cem anos de Teatro em São Paulo. São Paulo: SENAC, 2000.

MARX, W. Maria Della Costa. Seu teatro, sua Vida. São Paulo: Fundação Padre Anchieta/ Imprensa oficial do Estado, 2004.

PEREIRA, M.L. e GUZIK, A.(org.) Dionysos. Especial: Teatro Brasileiro de Comédia. Ministério da Educação e Cultura. SEAC-FUNARTE. Serviço Nacional de Teatro, nº 25, Setembro de 1980.

PRADO, D. de A. Apresentação do Teatro Brasileiro Moderno. Crítica teatral de 1947 a 1955. São Paulo: Perspectiva, 2001.

_______. Teatro em Progresso. São Paulo: Perspectiva, 2002.

SILVEIRA, M. A outra crítica. São Paulo: Editora Símbolo, 1976.

SIQUEIRA, J.R. Viver de teatro – uma biografia de Flávio Rangel. São Paulo: Secretaria de Estado da Cultura/ Nova Alexandria, 1995.

(Sites consultados)

. Acesso em: 26 jul. 2008.

. Acesso em: 30 jul. 2008.

. Acesso em: 06 out. 2008.

. Acesso em: 19 out. 2008.

. Acesso em: 14 ago. 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Guavira Letras (PPG-Letras) - ISSN 1980-1858 (Qualis A2)